9.5.17

Autor Presente 2017

Informamos que estão encerradas as inscrições para o Projeto Autor Presente. As escolas contempladas em 2017 estão sendo contatadas.

24.4.17

AUTOR PRESENTE 2017 - Inscrições

Estão abertas as inscrições para o Autor Presente, projeto de incentivo à leitura do Instituto Estadual do Livro que há mais de 40 anos promove encontros entre escritores e leitores.

As inscrições estão disponíveis para escolas da rede pública estadual. Os encontros, inicialmente, devem ser planejados de preferência para datas entre agosto e outubro de 2017.

Para realizar sua inscrição, acesse o formulário neste link. Mais informações (normatização  e dúvidas frequentes) estão disponíveis na página do Autor Presente.

Observações:

- Antes de realizar a inscrição, leia com atenção a normatização do projeto (disponível neste link)

- Neste ano, primeiramente, serão realizadas apenas as inscrições das escolas. Em um momento posterior, será feita a escolha dos escritores pelas escolas inscritas

Atualização (05/05): Inscrições encerradas.

20.4.17

Projeto Autor Presente 2017

A edição 2017 do Autor Presente, projeto do Instituto Estadual do Livro que leva escritores para encontros com a comunidade escolar, abrirá inscrições no dia 24 de abril às 13h30. As inscrições poderão ser realizadas por meio de formulário eletrônico disponível a partir dessa data e horário no blog do Instituto Estadual do Livro (http://ielrs.blogspot.com)As 60 primeiras escolas da Rede Estadual de Ensino da Secretaria da Educação do Rio Grande do Sul (SEDUC) que se inscreverem serão contempladas; as demais ficarão como suplentes. 

Com 45 anos de atividades, o Projeto já levou centenas de escritores para instituições de ensino, Pontos de Cultura e Leitura, penitenciárias e fundações de atendimento sócio-educativo em dezenas de municípios gaúchos.

13.4.17

Oficina 'Crônicas de Viagem' com Airton Ortiz - Inscreva-se





O Instituto Estadual do Livro (IEL) promove, de 19 de abril a 10 de maio, Oficina Literária com o escritor Airton Ortiz, com tópicos para interessados em produção de relatos de viagem, em quatro encontros, sempre às quartas, das 14h às 17h, na sede da instituição (André Puente, 318). A atividade custa R$ 180,00 e tem inscrições até o dia 17 de abril, por meio de formulário eletrônico neste link. Informações podem ser obtidas no telefone (51) 3314-6451 e e-mail iel@sedac.rs.gov.br.

As viagens serão descritas na oficina, mas o foco maior será a arte de escrever. A parte teórica abrangerá o que é crônica, em que consiste a crônica de viagem e o que é escrever bem. Cada aluno escreve seu texto, que será submetido, sem identificação, a uma revisão coletiva. "A ideia é partirmos do fato real e ver onde estão os ruídos, frases mal estruturadas onde falta clareza", diz o jornalista Airton, que tem 20 livros publicados sobre os lugares por onde andou. Alguns fatos que acontecem nas viagens de aventura, em que ele se expõe à realidade local, tornam a publicação interessante. Ao chegar no destino, vai a museus e bibliotecas pesquisar sobre a história, costumes e cotidiano. No Egito, por exemplo, começou no Museu do Cairo e, sabendo de onde as peças foram tiradas, foi a esses locais.

Conforme o ministrante, a oficina não prepara somente escritores, mas também leitores: "para a gente absorver o texto na íntegra, não é muito fácil. Se a pessoa sabe como o autor escreve, sua estratégia para transmitir informações e produzir fica melhor", afirma. Até o momento são mais de 80 países visitados e mais de dez passaportes preenchidos, sendo que seu visto norte-americano, cuja validade é de 10 anos, é completado bem antes deste prazo. São muitas viagens por ano, mas uma que pode durar até três meses, especificamente para escrever um livro. Para isso, tem contrato com uma editora, em que firma compromisso de entregar sua obra até maio, sempre com lançamento na Feira do Livro de Porto Alegre, evento do qual foi patrono, em 2014.

Airton escalou as cordilheiras do Himalaia, no Nepal; percorreu os caminhos do Tibete, a bordo de um jipe; atravessou o Alasca, do sul ao Oceano Ártico; foi para a Índia; percorreu os rios amazônicos; no Egito, viajou pelo deserto do Saara em cima de um camelo e desceu o Rio Nilo em uma jangada; focou a cultura maia, na América Central, e abordou o Vietnã pós-guerra, entre muitos outros assuntos.


Sobre Airton Ortiz


Nasceu na Vila Ferroviária de Bexiga, interior de Rio Pardo, em 27 de novembro de 1954. Mora em Porto Alegre, onde formou-se em Jornalismo pela PUCRS e fez pós-graduação na UFRGS. Além de escritor, é jornalista especializado em reportagens internacionais sobre a natureza selvagem; criador do gênero Jornalismo de Aventura, onde é, ao mesmo tempo, repórter e protagonista da reportagem. Estreou como escritor profissional em 1999, ao publicar, pela Editora Record, do Rio de Janeiro, "Aventura no Topo da África".

Devido ao conteúdo jornalístico aliado à forma literária de seus relatos, seus livros estão sendo usados como leitura complementar em diversos cursos de pós-graduação em Jornalismo Literário. Já gravou muitos documentários especiais sobre aventuras para a televisão. Como fotógrafo, tem um acervo superior a 50 mil fotos dos mais diversos países do mundo, especialmente sobre natureza selvagem. Suas viagens radicais ao redor do planeta, aliadas à sua experiência como administrador de empresas, o tornaram um dos mais requisitados conferencistas nas áreas de Planejamento e Motivação, prestando consultoria para importantes empresas no Brasil, além de fazer palestras em escolas e feiras do livro por todo o país.

Ganhou inúmeros prêmios e indicações: "Na Estrada do Everest" e "Pelos Caminhos do Tibete" foram finalistas do Prêmio Açorianos de Literatura. "Expresso para a Índia" ganhou o prêmio Euclides da Cunha, da União Brasileira de Escritores, como o melhor livro de ensaio, em 2003. "Travessia da Amazônia" (2004) foi o vencedor do Prêmio Livro do Ano da Associação Gaúcha de Escritores, como melhor livro de não-ficção, e "Egito dos Faraós" foi finalista do mesmo prêmio; entre muitos outros.
Fonte: Câmara Riograndense do Livro

Serviço
Crônicas de Viagem:
Período: 19 de abril a 10 de maio
Dias: Quartas-feiras.
Hora: das 14h às 17h.

Local: Instituto Estadual do Livro/IEL (André Puente, 318)

Valor: R$ 180,00.
Inscrições: Até 17 de abril neste link
Informações: e-mail iel@sedac.rs.gov.br e fone (51) 3314-6451

Inscrever-se

Confira aqui vídeo com Airton Ortiz falando sobre a oficina: 


video

12.4.17

Ligia Chiappini e Antônio Hohlfeldt debatem Cyro Martins no IEL

"20 ANOS – Duas Décadas de Transformações" é o projeto que celebra os 20 anos de trabalho ininterrupto do Centro de Estudos de Literatura e Psicanálise Cyro Martins (CELPCYRO) a partir da obra do escritor Cyro Martins  (1908-1995), composto por inúmeras atividades ao longo de 2017. Com apoio do Instituto Estadual do Livro (IEL), "Também na Literatura: o Rio Grande Acerta o Passo com o Brasil" é a primeira delas, a ser realizada no dia 17 de abril, a partir das 18h30min, na sede do IEL (André Puente, 318). A entrada é gratuita.  

A palestra será conduzida por Ligia Chiappini em diálogo com Antônio Hohlfeldt, e tem como proposta rever os romances de Cyro Martins à luz de uma releitura do seu conceito de localismo e repensando sua inserção na literatura gaúcha e brasileira, recolocando questões como: escritor local? regional? nacional? fronteiriço? universal?  nada disso?  ou tudo isso junto? A pesquisadora e ensaísta Lígia é Professora Doutora e Titular em Teoria Literária e Literatura Comparada na USP e Professora de Literatura e Cultura Brasileira e Latino-americana na Universidade Livre de Berlim. Hohlfeldt é jornalista, escritor e professor na Faculdade de Comunicação Social da PUCRS.

Serviço:
Dia: 17 de abril de 2017 (segunda-feira).
Hora: 18h30min
Local:  Instituto Estadual do Livro/IEL (André Puente, 318)
Informações: E-mail iel@sedac.rs.gov.br e fone (51) 3314-6451
Entrada franca, sem necessidade de inscrição.

11.4.17

IEL e Projeto Eu Leio homenageiam Moacyr Scliar

Na Semana Estadual do Livro, o Instituto Estadual do Livro (IEL) e o Projeto Eu Leio promovem uma homenagem ao escritor Moacyr Scliar, no Sarau "Eu Leio Scliar", no dia 18 de abril (terça-feira), às 19h, no Multipalco do Theatro São Pedro (Praça da Matriz, s/nº), instituição que apoia a iniciativa. A entrada é gratuita.

O projeto Eu Leio é uma homenagem dos escritores para escritores e nesta edição se volta para o porto-alegrense Moacyr Jaime Scliar, que nasceu no dia 23 de março de 1937 e faleceu em 27 de fevereiro de 2011. Médico especialista em saúde pública e professor universitário, como escritor se dedicou a contos, romances, ensaios e literatura infantojuvenil, além de crônicas nos principais jornais do Brasil. Serão lidos trechos de obras do autor, como "Carnaval dos Animais", "Um País Chamado Infância", "A Mulher que Escreveu a Bíblia", "A Massagista Japonesa", "A Guerra do Fim do Mundo", "O Exército de um Homem Só", "O Ciclo das Águas" e "A Orelha de Van Gogh".

Participam do evento 52 personalidades ligadas à literatura, teatro e comunicação. São elas: Ana Mello, Armindo Trevisan, Alexandre Brito, Breno Serafini, Cacé Mello, Cândido Brasil, César Alcazar, Charles Kiefer, Cintia Moscovich, Cláudia Carvalho, Cláudia de Villar, Clô Barcelos, Cristina Macedo, Débora Jardim, Denise Weinréb, Dilmar Messias, Doralino Souza, Germana Zanettini, Gladis Berriel, Gláucia de Souza, Graciella Reyna Quijuano, Ivete Brandalise, Jacira Fagundes, Jorge Martins, Jorge Martins, Jorge Rein, José Eduardo Degrazia, Julio Alves, Jussara Mello, Laura Rangel, Leila Pereira, Lourdes Kauffman, Lú Tomé, Luis Augusto Fischer, Luiz Coronel, Luiz Fernando Verissimo, Luiz Paulo Faccioli, Mara Accorsi, Marília Papaléo, Marion Cruz, Marô Barbieri, Martha Medeiros, Milene Borazzet, Monique Revillion, Patrícia Langlois, Paulo Wainberg, Rafael Ban Jacobsen, Rejane Romani Rech, Ricardo Silvestrin, Rosane Castro, Sidnei Schneider, Tabajara Ruas, Valesca de Assis, Viviane Gil e Waldomiro Carlos Manfroi.

O IEL também realizará uma exposição com livros do autor, que constam em sua biblioteca, em sua sede (André Puente, 318), até 30 de agosto. A abertura será no dia 17 de abril (segunda-feira), quando 45 alunos da Escola Estadual de Ensino Gentil Viegas Cardoso, de Alvorada, farão uma visitação na mostra e assistirão à palestra do escritor Waldomiro Manfroi sobre a extensa obra de Scliar, assim como seu legado.

Serviço:
Dia: 18 de abril de 2017 (terça-feira)
Hora: a partir das 19h.
Local: Multipalco do Theatro São Pedro (Praça da Matriz, s/nº), Porto Alegre
Entrada franca.  

31.3.17

Oficina 'Crônicas de Viagem' com Airton Ortiz

Inscrições abertas para oficina 'Crônicas de Viagem' com Airton Ortiz






O Instituto Estadual do Livro (IEL) promove, de 19 de abril a 10 de maio, Oficina Literária com o escritor Airton Ortiz, com tópicos para interessados em produção de relatos de viagem, em quatro encontros, sempre às quartas, das 14h às 17h, na sede da instituição (André Puente, 318). A atividade custa R$ 180,00 e tem inscrições até o dia 17 de abril, por meio do ielrs.blogspot.com.br. Informações podem ser obtidas no telefone (51) 3314-6451 e e-mail iel@sedac.rs.gov.br.
As viagens serão faladas na oficina, mas o foco maior será a arte de escrever. A parte teórica abrangerá o que é crônica, em que consiste a crônica de viagem e o que é escrever bem. Cada aluno escreve seu texto, que será submetido, sem identificação, a uma revisão coletiva. "A ideia é partirmos do fato real e ver onde estão os ruídos, frases mal estruturadas e falta clareza", diz o jornalista Airton, que tem 20 livros publicados sobre os lugares por onde andou. Alguns fatos que acontecem nestas viagens de aventura, em que ele se expõe à realidade local, tornam a publicação interessante. Ao chegar no destino, vai a museus e bibliotecas pesquisar sobre a história, costumes e cotidiano. No Egito, por exemplo, começou no Museu do Cairo e sabendo de onde as peças foram tiradas, e foi aos locais.
Conforme o ministrante, a oficina não prepara somente escritores, mas leitores também: "pra gente absorver o texto na íntegra não é muito fácil. Se a pessoa sabe como o autor escreve, sua estratégia para transmitir informações e produzir fica melhor", afirma. Até o momento são mais de 80 países visitados e mais de dez passaportes preenchidos, sendo que seu visto norte-americano, cuja validade é de 10 anos, é completado bem antes deste prazo. São muitas viagens por ano, mas uma que pode durar até três meses, especificamente para escrever um livro. Para isso, tem o contrato com uma editora, em que firma compromisso de entregar sua obra até maio, sempre com lançamento na Feira do Livro de Porto Alegre, evento do qual foi patrono, em 2014.
Airton escalou as cordilheiras do Himalaia, no Nepal; percorreu os caminhos do Tibete, a bordo de um jipe; atravessou o Alasca, do sul ao Oceano Ártico; foi para a Índia; percorreu os rios amazônicos; no Egito viajou pelo deserto do Saara, em cima de um camelo e desceu o Rio Nilo, em uma jangada; focou a cultura maia, na América Central e abordou o Vietnã pós-guerra, entre muitos outros assuntos.


Airton Ortiz


Nasceu na vila ferroviária de Bexiga, interior de Rio Pardo, em 27 de novembro de 1954. Mora em Porto Alegre, onde formou-se em Jornalismo pela PUCRS e fez pós-graduação na UFRGS. Além de escritor é jornalista especializado em reportagens internacionais sobre a natureza selvagem; criador do gênero Jornalismo de Aventura, onde é, ao mesmo tempo, repórter e protagonista da reportagem. Estreou como escritor profissional em 1999, ao publicar, pela Editora Record, do Rio de Janeiro, "Aventura no Topo da África".

Devido ao conteúdo jornalístico aliado à forma literária de seus relatos, seus livros estão sendo usados como leitura complementar em diversos cursos de pós-graduação em Jornalismo Literário. Já gravou muitos documentários especiais sobre aventuras, para a televisão. Como fotógrafo, tem um acervo superior a 50 mil fotos, dos mais diversos países do mundo, especialmente sobre natureza selvagem. Suas viagens radicais ao redor do planeta aliadas à sua experiência como administrador de empresas o tornaram um dos mais requisitados conferencistas nas áreas de Planejamento e Motivação, prestando consultoria para importantes empresas no Brasil, além de fazer palestras em escolas e feiras do livro por todo o país.
Ganhou inúmeros prêmios e indicações: " Na Estrada do Everest" e "Pelos Caminhos do Tibete" foram finalistas do Prêmio Açorianos de Literatura. "Expresso para a Índia" ganhou o prêmio Euclides da Cunha, da União Brasileira de Escritores, como o melhor livro de ensaio, em 2003. "Travessia da Amazônia" (2004) foi o vencedor do Prêmio Livro do Ano da Associação Gaúcha de Escritores, como melhor livro de não-ficção e "Egito dos Faraós" foi finalista do mesmo prêmio; entre muitos outros.
Fonte: Câmara Riograndense do Livro





Serviço

Crônicas de Viagem:
Período: 19 de abril a 10 de maio
Dias: Quartas-feiras.
Hora: das 14h às 17h.
Local: Instituto Estadual do Livro/IEL (André Puente, 318)
Valor: R$ 180,00.
Inscrições: Até 17 de abril neste link
Informações: E-mail iel@sedac.rs.gov.br e fone (51) 3314-6451

Inscrever-se


Confira aqui vídeo com Airton Ortiz falando sobre a oficina: 

video


3.2.17

Desafio Literário - Textos dos vencedores

Publicamos a seguir a íntegra dos textos produzidos pelos três vencedores do Desafio Literário, competição de escrita criativa organizada pelo IEL durante a última Feira do Livro de Porto Alegre. Durante a competição, que ocorreu em cinco fases eliminatórias realizadas em cinco dias consecutivos, os participantes escreveram sobre temas sorteados em cada data nos seguintes gêneros: miniconto, poetrix, poema livre, crônica e conto. Ao final, foram selecionados vencedores os três participantes que terminaram última fase com a maior pontuação total, classificados nesta ordem: 1) Renata Fonseca Wolff; 2) Flávia Silva de Oliveira; 3) Thiago Pedroso. 


A produção completa dos três primeiros colocados pode ser conferida abaixo: 

20.12.16

Atividades do IEL em 2016

    O Instituto Estadual do Livro (IEL) apresenta na relação a seguir detalhes sobre as atividades realizadas pela instituição ao longo do ano de 2016. As referidas atividades estão elencadas conforme uma organização por projeto e/ou temática.


Setorial do Livro (1º semestre)

O IEL teve participação na composição da Setorial do Livro, Leitura e Literatura e sediou reuniões para confecção de edital de apoio ao setor por parte da Secretaria de Estado da Cultura e uma oficina de capacitação para o FAC Literatura de R$ 250.000,00.


Simões Lopes Neto: Ontem, Hoje e Sempre (março a julho)

Em homenagem ao Biênio Simoniano, entre os dias 14 de março e 14 de julho, foi realizada a atividade “Simões Lopes Neto ontem, hoje e sempre”, projeto proposto por Débora Mutter realizado em parceria com o Memorial do Rio Grande do Sul e universidades, e composto de uma série de mesas, palestras, exibições de filmes e exposição dedicada à vida e obra do autor homenageado. O IEL contribuiu com diversos elementos na exposição, sugestões na organização de palestras, convite de participantes das mesas, divulgação do projeto e acompanhamento das atividades, tais como:

- Sugestão de participação dos trabalhos artísticos do grupo Aflecha, como o minilivro Quinta de São Romualdoproduzido pelo grupo, pertencente ao acervo do Museu de Arte do Rio Grande do Sul, e de gravuras de diversos artistas gaúchos para a confecção da obra M’boitatá, previamente exposta na mostra “Essa Poa é boa”;

- Sugestão de inclusão das ilustrações de Laura Castilhos de Lendas do Sul feitas para publicações da Editora Artes e Ofícios;

- Exposição das edições do Instituto Estadual do livro Contos gauchescos e Lendas do Sul – Vol. I e II, edição crítica realizada por Aldyr Garcia Schlee e publicado juntamente com a editora da Unisinos; da obra Simões Lopes Neto de Flávio Loureiro Chaves, coeditada por Editora da Universidade e IEL; de A Salamanca do Jarau, edição IEL/Igel; e de O teatro de Simões Lopes Neto, editado pelo IEL;

- Convite à Prof.ª Dr.ª Paula Mastroberti, do Instituto de Artes da UFRGS, para a realização da palestra “Ilustrando as Lendas do Sul - Visualidades Poéticas a partir dos textos de Simões Lopes Neto” e convite à Faculdade UniRitter, que participou por meio da Prof.ª Dr.ª Regina Silveira na sessão comentada do curta-metragem “Jogo do Osso”, do diretor Henrique Freitas Lima.


Semana Estadual do Livro, Leitura e Literatura (abril)

Durante a celebração da Semana Estadual do Livro, foi realizada uma série de atividades, que incluíram sarau e exposição em homenagem ao escritor e compositor Serio Napp (falecido no início de 2016), atividade de leitura para alunos de escolas estaduais com a participação da Kombina (projeto de difusão literária que utiliza uma Kombi como suporte de sua atividades) e o “Piquenique Literário”, em que estudantes do município de Guaíba puderam conhecer o IEL e sua história e participar de contação de histórias com a escritora Maria Helena Ramalho.


Autor Presente (maio a dezembro)

Dando continuidade ao projeto de incentivo à leitura Autor Presente, foram realizados 60 encontros com escritores, sendo 54 realizados com a comunidade escolar de instituições de ensino estaduais de diversos municípios do Rio Grande do Sul e 6 em abrigos da Fundação de Proteção Especial em Porto Alegre:

Instituição 
Município
Escritor(a) 
EEEB Prof. Gentil Viegas Cardoso
Alvorada
Mário Pirata
EEEM José de Quadros
Arroio do Sal
Esteban Rey Fontan
EEEB Antônio João Zandoná
Barra Funda
Lilian Mary Martins Zieger
EEEF De Brasília
Bom Retiro do Sul
Kalunga
EEEB Borges de Medeiros
Cachoeira do Sul
Cintia Moscovich
EEEF Vasco da Gama
Canoas
Christina Dias
EEEM João Pilati
Caxias do Sul
Athos Beuren
EEEB Abramo Pezzi
Caxias do Sul
Gilmar Marcílio
EEEM Armindo Edwino Schwengber
Colorado
Christian David
EEEF São Rafael
Cruzeiro do Sul
Márcia Funke Dieter
EEEF Jardim do Trabalhador
Encantado
Valmor Santos
EEEF Carmen Alice Laviaguerre
Guaíba
Débora Jardim
EEEF Dr Felix Engel Filho
Guaporé
Uili Bergamin
EEEM Frei Caneca
Guaporé
Uili Bergamin
Escola Estadual Técnica Agrícola Guaporé
Guaporé
Aírton Ortiz
EEEM São Geraldo
Ijuí
Léia Cassol
Colégio E. Pe. Colbachini
Nova Bassano
Pablo Morenno
EEEM Germano Hessler
Nova Hartz
Esteban Rey Fontan
EEEF General Osório
Osório
Valesca de Assis
EEEF PEDRO SCHÜLER
Portão
Carlos Brum
EEEF Matias de Albuquerque
Porto Alegre
Ana Pregardier
Colégio Estadual Júlio de Castilhos
Porto Alegre
Caio Riter
EEEF Bahia
Porto Alegre
Simone Saueressig
EEEF Deputado Victor Issler
Porto Alegre
Angélica Rizzi
EEEF Luciana de Abreu
Porto Alegre
Marcelo Spalding
EEEM Agrônomo Pedro Pereira
Porto Alegre
Ana Carolina Pinheiro
EEEF Poncho Verde
Porto Alegre
Jussara Mello
EEEF Mané Garrincha
Porto Alegre
Débora Jardim
EEEF Rio de Janeiro
Porto Alegre
Alexandre Brito
EEEF Souza Lobo
Porto Alegre
Alexandre Brito
EEEF Major Miguel José Pereira
Porto Alegre
Monika Papescu
EEEF Vila Cruzeiro do Sul-Escola Aberta
Porto Alegre
Leila Pereira
EEEM Prof. Oscar Pereira
Porto Alegre
Leila Pereira
EEEF Maria José Mabilde
Porto Alegre
Jane Tutikian
EEEF Padre Balduíno Rambo
Porto Alegre
Christian David
EEEF Coelho Neto
Porto Alegre
Carlos Augusto Pessoa de Brum
EEEM Oscar Coelho de Souza
Porto Alegre
Maymay
Colégio Estadual Paraná
Porto Alegre
Rosane Castro
EEEF Aaujo Porto Alegre
Porto Alegre
Marcia do Canto
EEEM Raul Pilla
Porto Alegre
Angelica Rizzi
EEEF Gabriela Mistral
Porto Alegre
Rosane Castro
CE Carlos Fagundes de Mello
Porto Alegre
Viviane Gil
EEEF Prof. Sylvio Torres
Porto Alegre
Marcia do Canto
Abrigo da Fundação de Proteção Especial
Porto Alegre
Ari Riboldi
Abrigo da Fundação de Proteção Especial
Porto Alegre
Jorge Martins
Abrigo da Fundação de Proteção Especial
Porto Alegre
Vivane Gil
Abrigo da Fundação de Proteção Especial
Porto Alegre
Simone Saueressig
Abrigo da Fundação de Proteção Especial
Porto Alegre
Christopher Kastensmit
Abrigo da Fundação de Proteção Especial
Porto Alegre
Marilia Fichtner Papaleo
EEEB São Francisco
Progresso
Jussara Mello
Colégio Estadual João de Castilho
Salvador das Missões
Cacá Melo
EEEF Arthur Weimer
Salvador do Sul
Lilian Mary Martins Zieger
EEEF Bruno Agnes
Santa Cruz do Sul
Paulo Bocca
EEEF Abilio Lautert
Santo Ângelo
Edna Lautert
EEEF Guilherme Balduino Baum
São Leopoldo
Marcelo Spalding
IE Prof. Vicente Luiz Ferreira
Sentinela do Sul
Angela Hofmann
EEEM São Roque
Sete de Setembro
Cassio Pantaleone
EEEM DR. Genésio Pires
Viamão
Helô Bacichette
EEEM Orieta
Viamão
Nicole M. Kunzler
EEEM Marquês de Maricá
Vila Lângaro
Pablo Morenno



Ilustração e Livro-Arte - Lendas do Sul (ao longo do ano)

Em parceria com o programa de extensão do Instituto de Artes da UFRGS, ocorreu de abril a julho na sede do IEL o curso de extensãoIlustração e Livro-Arte: Produção, Leitura e Ensino, com a professora Paula Mastroberti. Os vinte e dois alunos do curso realizaram experiência criativa em poéticas gráfico-visuais e verbais visando a criação de ilustrações a partir da leitura da obra Lendas do Sul, de Simões Lopes Neto. O curso resultou posteriormente em duas exposições de trabalhos, uma realizada entre outubro e novembro durante a Feira do Livro de Porto Alegre e outra em dezembro no Centro Cultural Erico Verissimo, onde foi realizada uma performance a partir de uma conversa pictórica imaginária entre Simões Lopes Neto e Érico Verissimo, resultando na pintura de um painel. Além disso, está em preparação uma nova edição ilustrada de “Lendas do Sul” contendo as ilustrações produzidas pelos alunos do curso, com notas e texto fixados por Aldyr Garcia Schee.


Exposição de Coleções do IEL (junho)

Foi organizada no hall de entrada do IEL uma exposição que apresentou uma amostra das principais publicações e coleções editadas durante as mais de seis décadas do instituto.


Editorial (todo o ano)

Ao longo do ano, foram realizadas atividades no âmbito do setor editorial:

a) Assinatura de Termo de Cooperação SEDAC/IEL - CORAG para publicações.

b) Preparação de reedições e novas publicações para 2016 e 2017, que já resultaram no lançamento, durante a Feira do Livro de Porto Alegre, da 2ª edição de “35 melhores contos do Rio Grande do Sul”, com organização de Maria da Glória Bordini. Estão em fase de impressão a nova edição ilustrada de “Lendas do Sul”, de Simões Lopes Neto, com notas e ensaios de Aldyr Garcia Schlee, em coedição com a Editora da UFRGS. Estão em preparação o teatro inédito de Simões Lopes Neto, nova edição de “Estrada Perdida”, de Telmo Vergara, e novos fascículos da série Autores Gaúchos. Também está sendo planejado edital de publicação para recebimento e seleção de originais.

c) Divulgação de trechos do acervo de publicações do IEL via canais oficiais de internet


Sábados Literários (setembro e outubro)

Apoiando a Academia Rio-Grandense de Letras, foram realizadas no IEL, sempre aos sábados, diversas palestras sobre literatura e história gaúcha nos eventos denominados Sábados Literários:

 - “Mario Quintana” (10/09) com os palestrantes Elvio Vargas e José Eduardo Degrazia;
 - “Revolução Farroupilha” (17/09) com os palestrantes Hilda Flores e Moacyr Flores;
 - “Heitor Saldanha” (15/10)  com os palestrantes César Pereira e José Eduardo Degrazia;
 - “Caio Fernando Abreu” (22/10) com os palestrantes Márcia Ivana de Lima e Silva e Ruben Castiglioni.


Desafio Literário (outubro a novembro)

Durante a Feira do Livro de Porto Alegre deste ano, o IEL organizou a competição de  criação literária “Desafio Literário”, que ocorreu no Centro Cultural Erico Verissimo. Os participantes inscritos produziram textos de 5 gêneros literários diferentes em 5 etapas eliminatórias sobre temas sorteados nos respectivos dias de cada etapa. As obras resultantes foram avaliadas e selecionadas por um júri composto por representantes de instituições apoiadoras da atividade (Associação Gaúcha de Escritores, Academia Rio-Grandense de Letras e Associação Lígia Averbuck). A cerimônia de premiação dos 3 primeiros colocados (com recebimento de troféu) ocorreu no dia 03/11 no auditório do MARGS.


Seminários Tudo a Ler (segundo semestre)

Em parceria com a Uniritter, realizaram-se diversos seminários Tudo a Ler/ IEL e Sexta-Feira do Professor/UniRitter, voltados à formação de mediadores de leitura. Os seminários, realizados nas unidades FAPA e Zonal Sul da UniRitter (além de dois realizados no Santander Cultural durante a Feira do Livro) tiveram como público-alvo professores e bibliotecários de escolas públicas.

26/08 – Palestras “Lila Ripoll: Interseccionando História, Poesia e Memória Cultural” – Tania Regina Silva da Silva; “O conto ‘Os amores de Alminha’, de Mia Couto” - Ana Maria de souza; “Memórias do Lugar para o personagem Miguilim em ‘Campo Geral’, de Guimarães Rosa” - Ana Denise Andrade; “Os meninos de ontem, de amanhã: infância e maturidade na obra ‘Campo Geral’ de Guimarães Rosa” - Fábio Leal; “Simões e as canções” - Vinícius Brum; “O texto poético e o empenho do corpo” - Diele Martins Silveira; “O jornalismo e a escola” - Mariana G. Botta; “O jornal na sala de aula” - Solon Saldanha; “Podcasts” - Fernanda Gruendling e Bruna Rocha

30/09 – Palestras “Leitura e processos simbólicos” – Noeli Reck Maggi, Renata Santos de Morales, Rebeca Martínez Americo, Luis Lucini; “Leitura e escrita: aspectos metodológicos” – Neiva Tebaldi Gomes, Maria Cristina Müller da Silva, Deliamaris Acunha, Ana Sahagoff


21/10 – Sarau do Partenon Literário com Gerci Godoy, Maria Conceição Hipólito e Jaqueline Puhl; Palestra “Linguagens e Tecnologias na Sala de Aula” com Dinorá Fraga, Denúsia Souza e Sônia de Souza

08/11 – Palestras da Odisseia de Literatura Fantástica na Feira do Livro com mediação de Regina Silveira: “Utilização da Literatura Fantástica em Sala de Aula” - Christian David; “Escrevendo Fantasia” - Cesar Alcázar; “Treze Passos Medonhos para Ser um Escritor de Horror” - Duda Falcão

09/11 – Palestras “Escrita Criativa na Escola” - Marcelo Spalding; “Leitura e Escrita: Aspectos Metodológicos” - Neiva Tebaldi Gomes e Maria Cristina Müller da Silva

25/11 –  Palestra “Poesia e Performance” - Rejane Pivetta de Oliveira e  Christiane Guerra; Palestra “Leitura e Escrita em Língua Estrangeira” - Valéria Brisolara, Anelise Burmeister e Valdirene Fontanella

09/12 – Relatos de experiências em sala de aula com professores das escolas parceiras


Saraus (ao longo do ano)

Foram realizados os seguintes saraus ao longo de 2016:

a) “Eu Leio Napp”, em homenagem a Sergio Napp

b) “Eu Leio Quintana”, em homenagem a Mario Quintana, na CCMQ (24/08)

c) “Sarau Farroupilha” no Acampamento Farroupilha (15/09)

d) Sarau em homenagem a Luis Fernando Veríssimo, no Café do MARGS durante a Feira do Livro (09/11)


Demais atividades realizadas

Além dos itens agrupados acima, devem ser mencionados também:

- Maratona de Autógrafos: evento no IEL com a participação de diversos escritores que atenderam leitores (professores, bibliotecários e público em geral) dedicando autógrafos (29/03);

 - Palestra "Ilustradores da Livraria do Globo" com Paula Ramos (14/07);

 - Exibição do filme "Netto perde sua alma” com Tabajara Ruas (08/08);

- Odisseia de Literatura Fantástica com os escritores Duda Falcão, Christian David e Cesar Alcázar (08/10 no IEL e 8/11na Feira do Livro de Porto Alegre );

- Mesa em homenagem a Ivo Bender, com Cíntia Moscovich, Diones Camargo, Marcelo Adams e Mirna Spritzer durante a Feira do Livro, no Santander Cultural (05/11);

- Mesa 400 anos de Cervantes e  Shakespeare. Palestrantes: Sandra Maggio, Estefanía  Barnabé Sánchez e Ruben Castiglioni. Realização do Instituto de Letras da UFRGS com apoio do IEL na Feira do Livro de Porto Alegre (10/11)